Educação e saúde na Primeira República: debates e reformas entre 1910 e 1920

  • Leonardo Costa Ferreira

Resumo

Esse trabalho tem como proposta discutir como a educação e a saúde adquiriram importância vital para os intelectuais e políticos brasileiros ainda durante o período da Primeira República (1889-1930). A discussão levará em consideração o impacto das Reformas Educacionais de Rivadávia Correa (1911) e Carlos Maximiliano (1915) e da Expedição e Relatório Neiva-Penna (1912-1916).

 

Publicado
2017-02-15
Seção
Artigos