O funcionário de escola pública no Paraná: uma análise do Jornal Sindical 30 de Agosto (2003-2008)

  • Everton Josimar de Oliveira Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • João Carlos da Silva Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Palavras-chave: Funcionários, História da educação, Luta sindical

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar a visão de funcionário de escola, expresso pelo Sindicato dos trabalhadores em educação pública do Paraná – APP/Sindicato, no Jornal Sindical 30 de Agosto, em edições publicadas entre os anos de 2003 e 2008. A leitura de um referencial crítico, como Monlevade (1995; 2014) e Rasia (1989), nos demonstrou a escola pública sendo composta por diferentes profissionais e a burocratização dos processos escolares interferindo no ensino e na aprendizagem. Consideramos que o Jornal 30 de Agosto defendeu o conceito de funcionário educador, mas priorizando questões como o reconhecimento salarial e a criação de um plano de carreiras.

 

Publicado
2019-01-24